Cirurgia de Catarata na Barra
/ Rio de Janeiro

O QUE É A CATARATA

 

A catarata é o envelhecimento do cristalino, que é a lente natural do olho, totalmente transparente. Com o envelhecimento, o cristalino vai se tornando opacificado e a quantidade de luz que entra no olho diminui, com isso a visão vai ficando prejudicada, a piora é progressiva. A catarata pode ser congênita ou adquirida, que é a forma mais freqüente. As congênitas são aquelas que aparecem nas crianças e podem ser hereditárias (em até 20%) ou por infecções (rubéola durante a gestação, é a causa mais freqüente) ou ainda por desordens metabólicas (diabetes).

As adquiridas podem ter diversas causas como a idade (é a mais comum e aparece com 50 anos ou mais – chamada de “catarata senil”), trauma, o uso de determinados medicamentos (como os corticóides), inflamações intra-oculares, radiações e diversas doenças relacionadas (diabetes é a mais freqüente). Os sintomas não são muito perceptíveis no quadro inicial, pois a perda da visão, em geral é lentamente progressiva. A queixa mais comum é de embaçamento visual, mesmo com os óculos, a visão noturna pior, ofuscamento com farol de carro, em casos avançados podemos observar uma coloração esbranquiçada na área pupilar (menina dos olhos).

 

RISCOS DA CATARATA

 

A catarata é a principal causa de cegueira reversível no mundo (Segundo a OMS, aproximadamente 40% dos casos de cegueira no Brasil são provocados pela catarata). Com o envelhecimento da população brasileira, estima-se que o número de pacientes, acima de 50 anos, que tenham catarata aumente em 4 vezes até 2020.

 

 

TRATAMENTO DA CATARATA

 

O único tratamento para a catarata é A cirurgia de catarata, ou seja, a retirada cirúrgica do cristalino opacificado com a substituição por uma lente intraocular (facectomia ou facoemulsificação do cristalino), ou seja, realizar a cirurgia de catarata. O diagnóstico da cirurgia de catarata deve ser precoce para que se possa indicar a cirurgia por facoemulsificação do cristalino.

Esta é a técnica mais moderna para retirada do cristalino, no entanto não deve ser indicada para cristalinos muito endurecidos. Alguns exames como a microscopia especular de córnea, topografia corneana, mapeamento de retina, ecobiometria (exame para calcular o grau da lente à ser implantado) e PAM devem ser realizados para uma avaliação pré operatória, em alguns casos a tomografia de coerência óptica (OCT) está indicada para avaliação macular.

Quando o cristalino está muito opacificado e o oftalmologista não consegue visibilizar o fundo do olho, a ultrassonografia está indicada.

COMO É REALIZADA A CIRURGIA DE CATARATA

A técnica atual é a cirurgia combinada com laser e facoemulsificação. O laser faz as incisões e a catarata se romper e a facoemulsificação remove a catarata. Pequenas incisões de 3,5 mm são feitas com um laser nos olhos. É inserido através desta ruptura uma espécie de cânula no globo ocular, anexada a um equipamento ultra-sônico que suga dilui a catarata. Posteriormente, uma lente intraocular é implantada através da incisão. Essa lente varia de pessoa para pessoa, pois, além do grau, há lentes monofocais e multifocais. Quem decidirá que a melhor lente será o médico junto com o paciente. Ao longo do procedimento o paciente está deitado e um microscópio é usado para visualizar a cirurgia. Após a cirurgia de catarata, o olho operado terá um curativo que pode ser feito com gaze, tampão acrílico ou óculos de sol, dependendo da técnica utilizada. As gotas oculares serão prescritas por um período de tempo. Ao ser feito com uma técnica segura, a cirurgia de catarata pode ser realizada por centros especializados, não exigindo hospitalização. O paciente é dispensado pouco depois do procedimento e pode retornar à sua casa. Tanto o procedimento, a técnica quanto as lentes intraoculares são amplamente conhecidos pelos oftalmologistas capazes de realizar a cirurgia de catarata.

QUAL MÉDICO PODE REALIZAR A CIRURGIA?

Tanto o procedimento, a técnica quanto as lentes intraoculares são amplamente conhecidos pelos oftalmologistas capazes de sofrer uma cirurgia de catarata.

TEMPO DE DURAÇÃO DA CIRURGIA DE CATARATA

O tempo da cirurgia de catarata varia de pessoa para pessoa, mas geralmente dura em média 20 minutos.

CUIDADOS APÓS A CIRURGIA DE CATARATA

Após a cirurgia de catarata, o paciente retorna para casa e é aconselhável permanecer sentado em um local confortável. Geralmente, a visão retorna ao normal dentro de poucas horas e o paciente retorna às atividades normais após alguns dias, incapaz de realizar atividades de impacto ou que corram risco de impacto, como esportes, exercícios físicos ou condução. Além disso, outros cuidados devem ser tomados com os olhos, tais como:
Não esfregue
Não risque
Não durma no olho operado nos primeiros dias pós-operatórios
Não faça esforço físico.

RISCOS DA CIRURGIA DE CATARATA

A maioria das cirurgias de catarata ocorre sem complicações. No entanto, eles podem acontecer.
Nos dias que se seguem à cirurgia, pode acontecer:
Sangramento
Olho machucado ou púrpura
Vazamento de incisão
Infecção ou endoftalmite
Inflamação
Glaucoma
Astigmatismo pronunciado
Descolamento da retina
Laceração da cápsula posterior
Deslocamento da lente intraocular.
Meses após a cirurgia de catarata, pode haver:
Edema macular cistoide
Catarata secundária.

A Americas OftalmoCenter, clinica especializada em Oftalmologia, realiza a cirurgia de catarata na Barra – Rio de Janeiro e possui hoje as opções de lentes esféricas e asféricas monofocais, tóricas, multifocais asféricas, multifocais tóricas e acomodativas. Quer saber quais os riscos, causas, preço ou como é o pós operatório da cirurgia de catarata? Agende uma consulta na Americas OftalmoCenter!

TRATAMENTO PARA CATARATA NO RIO DE JANEIRO

Marque sua consulta com um de nossos especialistas

TELEFONE: (21) 2496-1161
ENDEREÇO: Shopping Cittá América – Av. das Américas, 700

Quero agendar minha consulta
Clique Aqui para marcar uma consulta pelo Whatsapp