Olho Seco

A lágrima, também chamada filme lacrimal, é responsável pela nutrição e oxigenação da córnea, contém várias substâncias antibacterianas que protegem a superfície ocular.
Tem a importante função de lubrificação, evitando o atrito das pálpebras durante o ato de piscar.

O olho seco é uma doença crônica, caracterizada pela diminuição da produção da lágrima ou deficiência em alguns de seus componentes, ou seja, pouca quantidade e/ou má qualidade da lágrima.
É a afecção ocular tratável mais comum na prática clínica, cerca de 18 milhões de brasileiros sofrem com esta doença. As lágrimas são produzidas constantemente para lubrificar os olhos.
Esta produção pode ser ainda aumentada após resposta reflexa a alguns estímulos exteriores, como poluição, alérgenos, trauma e emoção.

A sintomatologia mais referida para olho seco é hiperemia (olho vermelho), sensação de agulhada, sensação de areia nos olhos, lacrimejamento, coceira, ardência, fotofobia e desconforto após ver televisão, ler ou usar computador.

O tratamento é sintomático, podendo ser utilizado lubrificantes oculares, colírios antiinflamatórios, medicação oral, colocação de plugs ou oclusão dos pontos lacrimais, de acordo com a gravidade do problema.

Algumas doenças sistêmicas (Síndrome de Sjögren, Stevens-Johnson, Penfigóide Cicatricial Ocular, Sarcoidose e Parkinson), o uso de medicações orais (diuréticos, anti-histamínicos, antidepressivos, descongestionantes, tranqüilizantes, anticoncepcionais, isotretinoína e outros), distúrbio hormonal (hipo ou hipertireoidismo, menopausa), cirurgia refrativa (LASIK), o mau uso das lentes de contato, o ambiente (clima seco, com vento e ensolarado, fumaça de cigarro, poluição, lugares fechados, calefação, ar condicionado), podem ser responsáveis pelo quadro ocular de olho seco.

A Xeroftalmia é uma doença caracterizada pela falta da vitamina A e manisfesta-se pela forma grave de olho seco.
Algumas medidas podem ser tomadas para minimizar a condição de ressecamento ocular como, ingerir muita água, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e cafeína, evitar se expor ao sol e ao vento sem proteção adequada, evitar o uso de ventiladores, usar umidificador de ar em ambientes com ar condicionado, usar medicamentos a base de ômega 3, 6, e 9 (óleo de linhaça), cuidados específicos para lentes de contatos e tratamento de doenças sistêmicas.

A higiene dos cílios, associada a lubrificantes oculares, têm efeito terapêutico satisfatório.

O Teste de Schirmer, o uso de corantes da superfície ocular (Fluoresceína, Rosa Bengala ou Lisamina verde) e a análise do tempo de ruptura do filme lacrimal (BUT) são usados para o diagnóstico do olho seco, e avaliação do grau de comprometimento da superfície ocular.

O site da Associação dos Portadores de Olho Seco (APOS) tem como objetivo principal a conscientização da população brasileira sobre a existência da doença, seu diagnóstico e tratamento, além da busca da melhora da qualidade de vida dos portadores de Olho Seco, através da informação e educação. (www.apos.org.br)

Médicos Especialistas

Agende agora sua consulta

Selecione um das opções abaixo para agendar sua consulta na Americas Oftalmocenter

Telefone

Telefone

Ligue agora, fale com nossa equipe e marque seu atendimento.

(21) 2496-1161
WhatsApp

Whatsapp

Dúvidas sobre agendamento de consulta e exame? Fale com a gente!

Clique aqui
Agendamento

Online

24 horas por dia, 7 dias por semana você pode usar nosso Agendamento Online.

Agende 100% Online
Whatsapp
Agende Agora