Banner Cirurgias

Ectrópio

Ectrópio: O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

Alguns chamam de pálpebra caída, quando a pálpebra inferior dos olhos se afasta do olho e a parte interna aparece. Esse problema também pode acontecer na pálpebra superior, e ser um problema congênito ou adquirido.

Essa pálpebra ‘caída’ ou ‘virada’ tem nome: ectrópio.

O que é Ectrópio?

O ectrópio é uma doença que provoca a eversão da pálpebra (CID 10 H02.1), ou seja, o caimento da pálpebra, fazendo a parte interna ficar voltada para fora. Essa eversão da margem palpebral pode ser unilateral ou afetar ambos os olhos.

Em alguns casos, o paciente nasce com essa alteração, e o bebê é logo tratado para que a pálpebra volte à posição original.

Tipos de Ectrópio

O ectrópio pode se manifestar de diferentes formas:

  • Ectrópio congênito: quando o bebê nasce com a margem da pálpebra afetada pela eversão – é considerada uma manifestação rara da doença;
  • Ectrópio cicatricial: ocorre de alterações cicatriciais da pele da pálpebra – em sua maioria induzidas pela exposição a radiação solar em peles claras;
  • Ectrópio paralítico: decorre de processos de paralisia dos nervos da pálpebra.

O que causa ectrópio?

Um dos principais aspectos causadores da eversão de pálpebra é a idade. Aspectos metabólicos e impactos causados pelo ambiente podem levar a diferentes problemas oculares na população idosa.

A população masculina, em especial, tende a ser a mais acometida pelo problema da pálpebra que se dobra. Com isso, o ectrópio pode ser causado tanto pelo avanço da idade quanto por fatores como:

  • Exposição constante ao sol;
  • Doenças na pálpebra;
  • Cirurgias prévias na região dos olhos;
  • Doenças neuromusculares e cerebrovasculares.

Algumas pesquisas apontam que pessoas com Síndrome de Down (em razão da flacidez ligamentar), pessoas acometidas por Milium Colóide, presbiopia ou problemas de encurtamento vertical da lamela anterior da pálpebra como aquelas mais propensas ao desenvolvimento do ectrópio palpebral.

Sintomas do ectrópio

É importante observar o aparecimento de sintomas do ectrópio ocular que podem incluir:

  • Lacrimejamento;
  • Sensação de secura;
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Sensibilidade a luz;
  • Secreção ocular.

O posicionamento incorreto da pálpebra pode provocar alterações na córnea, afetar a drenagem lacrimal, blefarite (uma inflamação não contagiosa na pálpebra) além, é claro, de afetar a aparência do olho do paciente.

Em quadros mais avançados, a pálpebra caída pode provocar dor ocular e piora súbita da visão, um sinal de que a córnea está exposta ou presença de úlcera. Assim, ao primeiro sintoma de vermelhidão ou ressecamento, o médico oftalmologista precisa ser consultado.

Diagnóstico do ectrópio

O ectrópio pode ser diagnosticado pelo médico oftalmologista pela avaliação do paciente, bem como análise dos sintomas por ele relatados. Por afetar a estética, o diagnóstico do ectrópio também leva em consideração a aparência da doença.

Dependendo do estágio da afecção, o médico pode indicar diferentes formas de tratamento, a que melhor atender à situação do paciente.

Tratamento

O ectrópio pode ser tratado com o auxílio de lubrificantes oculares na forma de colírio ou gel que ajudam a aliviar o ressecamento. Alguns quadros exigem o uso de medicação anti-inflamatória e para auxiliar a regeneração do tecido ocular lesado.

Em outros casos, a intervenção cirúrgica é a única forma de tratamento que pode devolver a função e a boa aparência da pálpebra.

A cirurgia em geral realiza o encurtamento da pele da pálpebra caída, especialmente em idosos, que costumam ter a flacidez da pele aumentada. O procedimento é seguro e costuma apresentar recuperação total em algumas semanas.

Antes de começar qualquer tratamento, consulte um médico oftalmologista. É importante evitar a automedicação, especialmente se notar alterações na borda da pálpebra.

logo

Nosso comprometimento é oferecer aos nossos pacientes o que há de mais moderno. Além disso, nossos profissionais estão sempre se atualizando em busca dos melhores procedimentos. E para entregar os melhores resultados, buscamos equipar nossas unidades com tecnologia de última geração.

facebook
intagram
linkedin

© 2024 Americas Oftalmocenter. Todos os direitos reservados.